Lotaçor S.A. - Serviço de Lotas dos Açores
ContatosLigações ÚteisMapa do SiteFacebook  Siga-nos no facebook Lotaçor
Contratos   Leilão On-line

Os Açores

O arquipélago dos Açores é constituído por nove ilhas vulcânicas e alguns ilhéus situados no Oceano Atlântico nordeste, com uma geomorfologia dominada por relevos vulcânicos submarinos implantados numa planície abissal assente na dorsal média do Atlântico, apresentando um relevo muito acidentado, irregular e com declive acentuado.

Açores

Esta região caracteriza-se pelo seu isolamento geográfico, pela relativa juventude geológica e biológica e pelo facto de comportar habitats raros na sua área marinha envolvente. Resultado de uma topografia extraordinariamente acidentada e profunda, ausência de plataforma continental, isolamento elevado no meio do oceano Atlântico e da conjunção dinâmica e ativa de três placas tectónicas, as águas comunitárias que circundam os Açores são, por estas razões, ricas em habitats complexos, raros e sensíveis.
A criação de áreas protegidas abrangendo áreas marinhas, como instrumento que garanta a preservação dos recursos naturais, tem sido uma das firmes prioridades políticas que os órgãos próprios do Governo dos Açores têm desenvolvido numa ótica de gestão integrada de áreas particularmente sensíveis e dos seus ecossistemas, nomeadamente com a publicação de legislação como os Parques Naturais de Ilha (1 ) e o Parque Marinho dos Açores (2).

Entre estes, merecem particular destaque os habitats associados às fontes hidrotermais de grande profundidade (3), aos montes submarinos, às planícies abissais e aos prados de corais de águas frias, que foram considerados habitats ameaçados no âmbito da Convenção para a Proteção do Meio Marinho do Atlântico Nordeste - Convenção OSPAR, e resultado de estudos como, por exemplo, UNEP World Conservation Monitoring Centre, Census of Marine Life on Seamounts (Programme), “OceAnic Seamounts: an integrate Study”- OASIS6 e “Observatory for long-term study and monitoring of Azorean seamount ecosystems” - CONDOR

  1. Parque Natural da Ilha de São Miguel - Decreto Legislativo Regional n.º 19/2008/A, de 8 de Julho; Parque Natural da Ilha do Pico - Decreto Legislativo Regional n.º 20/2008/A, de 9 de Julho; Parque Natural da Ilha do Corvo – Decreto Legislativo Regional n.º 44/2008/A, de 5 de Novembro; Parque Natural da Ilha Graciosa - Decreto Legislativo Regional n.º 45/2008/A, de 5 de Novembro; Parque Natural da Ilha do Faial - Decreto Legislativo Regional n.º 46/2008/A, de 7 de Novembro; Parque Natural da Ilha de Santa Maria - Decreto Legislativo Regional n.º 47/2008/A, de 7 de Novembro; Parque Natural das Flores - Decreto Legislativo Regional n.º 8/2011/A, de 23 de Março; Parque Natural de São Jorge -Decreto Legislativo Regional n.º 10/2011/A, de 28 de Março; Parque Natural da Terceira - Decreto Legislativo Regional n.º 11/2011/A, de 20 de Abril
  2. Parque Marinho dos Açores - Decreto Legislativo Regional n.º 28/2011/A, de 11 de Novembro
  3. R.S. Santos, A. Colaço & S. Christiansen (Eds) 2003. Planning the Management of Deep-sea Hydrothermal Vent Fields MPA in the Azores Triple Junction (Proceedings of the workshop). Arquipélago. Life and Marine Sciences. Supplement

A zona marítima dentro das 200 milhas marítimas em torno dos Açores tem 954.496 km2, sendo que nestas águas apenas 8.618 km2 (0,9%) possuem profundidades inferiores a 600 metros. Estas áreas menos profundas, de maior produtividade, estão situadas ao redor das ilhas e, de forma dispersa, em bancos de pesca e montes submarinos.

A área das 100 milhas marítimas em torno dos Açores é de 376.840 km2, com apenas 7.870 km2 (2%) de fundos até aos 600 metros. A zona entre as 100 e as 200 milhas tem de área 577.600 km2, mas apenas 748 km2 de fundos inferiores aos 600 metros (0,1%).

© 2004 - 2018 Todos os direitos reservados
Lotaçor S.A. - Serviço de Lotas dos Açores

Lavaimagem - Soluções Digitais
HomepageIr para cimaMapa do SiteAdicionar aos Favoritos